DBK News

Estudo da OLX prevê recuperação do setor a partir do 2º semestre

As vendas da indústria automotiva devem apresentar recuperação gradativa a partir do segundo semestre, mesmo em um cenário ainda repleto de desafios. É o que diz um estudo realizado pela OLX, maior plataforma online de compra e venda de automóveis do Brasil.

“A redução em 18,5% do IPI dos veículos impactou nos preços do zero quilômetro e repercutiu em toda a cadeia de seminovos e usados. Com o fim das restrições sanitárias e acomodação das condições macroeconômicas que impactam o setor, é esperado uma melhora gradativa de desempenho do mercado para os próximos meses”, opinou Danilo Igliori, economista-chefe da OLX Brasil.

Turbulências afetaram o trimestre

A Análise Setorial é uma avaliação trimestral realizada pelo Data OLX Autos, que utiliza a inteligência de dados da plataforma e informações do setor automotivo para identificar tendências e desafios do setor.

O estudo aponta que “os expressivos aumentos de preço do combustível, a perda do poder aquisitivo da população pelo aumento da inflação e a alta nas taxas de juros que geraram o encarecimento do crédito ao consumidor” estão entre os fatores que causaram retração no mercado no primeiro trimestre de 2022.

Além de tudo isso, o levantamento lembra que a persistente crise no fornecimento global de semicondutores, o aumento da inflação e as “incertezas desencadeadas pelo conflito entre Rússia e Ucrânia influenciam a expectativa de aumento da taxa SELIC”. 

Mesmo assim, a OLX acredita que o setor automotivo pode dar indícios de recuperação a partir de junho.

“A regularização da produção de veículos zero, assim como a estabilidade de preços devem contribuir para a normalização no setor, vislumbrando uma expectativa de recuperação a partir do segundo semestre”, disse Flávio Passos, vice-presidente de Autos e Comercial da OLX no Brasil. 

O estudo também identificou outras tendências. Embora ainda caros, os veículos elétricos podem ser impulsionados com os sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis. Importante lembrar que o carro elétrico mais barato do Brasil na atualidade é o recém-lançado Renault Kwid E-Tech, que sai por R$ 142.990,00.

Compra online mostra crescimento

A digitalização de vários processos de compra e venda de um veículo, que se popularizaram durante a pandemia, seguirá facilitando a vida dos envolvidos em uma transação. O estudo diz que tecnologias como a biometria facial para assinatura digital de documentos serão cada vez mais utilizadas, especialmente nas compras online.

Segundo a OLX, o número de veículos anunciados em plataformas virtuais pelas maiores empresas do setor automotivo cresce desde o início de 2021. No primeiro trimestre deste ano, houve aumento de 31% na média mensal de anúncios em relação ao mesmo período de 2021.

De acordo com pesquisa realizada entre usuários da OLX, a segurança é considerada como fator mais importante em uma transação digital, embora a maioria deles deseje contato presencial para verificar o estado de conservação do veículo.

No caso das compras online, boa reputação e transparência estão entre os fatores mais desejados por quem utiliza este tipo de serviço. Plataformas que realizam a verificação de perfil de cada usuário, solicitando documentos e disponibilizando uma central de atendimento para assistência no pré e pós-venda, também são bem vistas pelos usuários.

 

Fonte: https://www.automotivebusiness.com.br/pt/posts/setor-automotivo/estudo-da-olx-preve-recuperacao-do-setor-a-partir-do-2o-semestre/

 

Sign up for our newsletter
Receive a newsletter about the dealership market in Brazil.



DBK Dealership Brokers

Let's Talk

We are ready to serve you.

Av. Professor Mário Werneck, 10 - Buritis, Belo Horizonte - MG, 30455-610.

en_USEN